Missionárias Combonianas
Provincia Moçambique-Africa do Sul (MOSA)

Irmas Combonianas presentes em Balama

O Distrito de Balama, encontra-se ao sul da Província de Cabo Delgado, no extremo nordeste de Moçambique, Pemba a capital da província dista 2600 Km de Maputo, a capital do país. Em Balama as Irmãs Combonianas estão presentes desde Novembro de 2003, dando o seu serviço como pedras escondidas a favor da vida do povo “macua meto”.
Balama esta habitada pelo povo “macua meto”, com uma população de 145.663 habitantes, dos quais os 97% vivem da agricultura, o 3% entre funcionários do governo e vendedores informais no mercado local. A religião que predomina no distrito é a muçulmana, a língua local dominante é o emakhuwa com a mistura de outros dialectos como o suahili, maconde, etc. a língua oficial é o português.
O distrito tem um dos mais altos índices de analfabetismo a nível do País, 56%, consequência disto, é o crescimento dos casamentos prematuros 29,6%
A situação de saúde do distrito é atendida pelo Serviço Distrital da Saúde Mulher e Acção Social. A nível do país, segundo as estatísticas, a prevalência de SIDA é do 13,2% em Cabo Delgado, na maioria das mulheres com 9,4%.
As irmãs Combonianas estão inseridas neste contexto, desenvolvem actividades de pastoral na paróquia São Francisco Xavier de Balama, Diocese de Pemba, e outras actividades sociais na saúde e na formação humana, espiritual e integral para melhorar as condições de vida da população.
No Centro de Saúde de Balama sede, trabalha há mais de 4 anos, irmã Ligia Castillo, equatoriana, atende a uma população que sofre enfermidades como: a malária, SIDA, infecções respiratórias, tuberculose, etc. Faz parte também da comissão diocesana da saúde. A irmã acompanha vários grupos de oração, de alcoólicos anónimos, o grupo IAM (grupo da infância e adolescencia missionária) e o grupo de vocacionados “Jovens Combonianos”.
A Ir Maria do Amor - espanhola e ir. Teresa Cola - italiana, trabalham na promoção da mulher, acompanham os grupos das mamas.
Assim como também acompanham aos jovens: meninas e rapazes que são ajudados com bolsas de estudo.
Ir. Maria do Amor, segue também os responsáveis da celebração e ministros da eucaristia, visita os grupos de oração e os presos.
Ir. Teresa, faz parte do Conselho Económico da paróquia, é a responsável da propagação da revista «Vida Nova». Realiza actividades de bordado com um grupo de jovens meninas.
A Ir Maria De Coppi - italiana é encarregada da formação de catequistas e animadores das comunidades cristãs. Oferece formação caquéctica e bíblica às várias comunidades da paróquia. Aos domingos, junto a ir Anna Insogna, participam da celebração da Palavra nas comunidades.
A Ir Isabel Velasco - espanhola é a responsável do lar, que iniciou este ano 2018, com 40 meninas. O lar é uma maneira de ajudar às jovens a estudar e se formar, para prevenir os casamentos prematuros.
A ir Anna Insogna trabalha na pastoral: acompanha o sector da liturgia, a pastoral juvenil e vocacional e os grupos de casais. Visita os presos e o lar governamental.
«O serviço quotidiano, a entrega generosa e a fé no Senhor e no povo, fazem destas nossas irmãs instrumentos de ressurreição em meio dos vaivéns da vida.»