Missionárias Combonianas
Provincia Moçambique-Africa do Sul (MOSA)

Mulher

 

Mulher e Independência

 

A mulher actualmente vai conquistando a sua independência, visto que antigamente, ela era submissa respeito aos homens, hoje ela vai ocupando o lugar que lhe corresponde na sociedade.

Após o 25 de Junho, a mulher iniciou um processo de luta pela sua autonomia, hoje ela pode dar a conhecer as suas ideias e mostrar à coletividade a sua criatividade, o seu talento e as capacidades que tem para alcançar os seus objectivos e desenvolver o seu conhecimento para o desenvolvimento de si própria e do seu país.

Hoje a mulher é mais independente, sobrevive por seu esforço e coragem, ela é autônoma através do seu bom desempenho no seu trabalho, na família e na sociedade. Ela é mãe, amiga, irmã, companheira, conselheira.

Antes da independência nacional, a mulher não era independente, pois não tinha direitos e era desvalorizada, mas agora ela tem direito a educação, a formar uma família, a ter um emprego, a votar e ser votada, e acima de tudo a valorizar-se assim mesma e aos outros.

Acredito que num pais onde habitam mulheres e homens, este deve ser construído por ambas as partes, pouco a pouco, passo a passo; para poder ser aquilo que ansiamos um país que respeita a sua população, que visa o bem-estar para todas e todos. Para isto, a mulher tem que dar o melhor de si mesma, comprometer-se de alma, vida e coração.

Rute

Aluna da Escola Politécnica Comunitária Feminina de Nacala